Simbioflora para que serve?

A principal função da Simbioflora é proporcionar maior equilíbrio à flora intestinal, por meio de sua formulação simbiótica frutooligossacarídeo (prebiótico), lactobacilos e bifidobactérias (probióticos).

Para que o efeito desse medicamento alcance o efeito desejado, é imprescindível que esteja vinculado a hábitos de vida saudáveis, bem como uma dieta equilibrada.

No entanto, antes de começar a fazer uso desse ou qualquer outro tipo de medicação, não basta fazer uma simples pesquisa na internet, é preciso que seja orientado por um profissional da saúde.

Para saber mais sobre a Simbioflora, continue a leitura deste post!

Simbioflora para o que serve? Existem contraindicações?

Como já foi dito, a Simbioflora é utilizada para o equilíbrio da flora intestinal, porém, seu uso não é recomendado para mulheres que estejam grávidas ou amamentando.

Além disso, as crianças só devem fazer uso dessa medicação sob orientação de um médico ou nutricionista.

Simbioflora: como usar? Quais as precauções?

Geralmente, é indicado o consumo de 2 sachês de Simbioflora ao dia, acompanhado da quantidade de líquidos indicada na embalagem, ou ainda conforme a recomendação médica.

Como a intenção é equilibrar a flora intestinal, não é recomendado durante o uso desse medicamento o consumo de alimentos “pesados”.

Ou seja, dê preferência a uma dieta equilibrada, com bastante frutas, sucos naturais e grãos cereais.

Simbioflora: dicas e informações sobre a flora intestinal

Embora seja logo no parto sejamos colonizados por bactérias, fungos e vírus, é a partir dos 3 anos que a flora intestinal que teremos ao longo da vida é estabelecida.

Contudo, ao longo da vida, devido a fatores como envelhecimento, estilo de vida e má alimentação, a flora intestinal pode ser desequilibrada.

Mas, é possível manter o equilíbrio por meio de uma dieta balanceada, adoção de hábitos saudáveis e redução do consumo de bebidas alcóolicas e dos níveis de ansiedade e estresse.

Além disso, é importante saber quais são as principais causas que levam ao desequilíbrio da microbiota. Veja:

  • Ingestão constante de antibióticos: isso faz com que, tanto as bactérias boas, como as ruins, sejam eliminadas do organismo;
  • Utilização regular de laxantes: provocar o funcionamento exagerando do intestino pode causar a eliminação das bactérias boas;
  • Consumir açúcar e produtos industrializados exageradamente: uma vez que essa atitude contribui para o desenvolvimento de bactérias ruins;
  • Pouco consumo de fibras: por serem a principal fonte de alimentos das bactérias boas, quando estão em falta, prejudicam seu desenvolvimento.

Alguns sintomas podem indicar que a flora intestinal está afetada e por esse motivo podem necessitar do uso do Simbioflora, tais como:

  • Excesso de gases;
  • Mau funcionamento do intestino;
  • Diarréia;
  • Prisão de ventre.

Ainda que os contratempos causados pelo desequilíbrio da flora intestinal sejam bem inconvenientes no dia a dia das pessoas.

São perfeitamente tratáveis, quer seja com o uso do Simbioflora, como também com o uso regular dos seguintes alimentos:

1 Feijão

No feijão existem diferentes tipos de fibras (solúveis e insolúveis), por isso essa leguminosa tem excelente ação prebiótica, ajudando o intestino no desempenho de suas funções.

2 Chicória

A raiz da chicória é fonte de inulina, que é uma fibra insolúvel, que tem o poder de alimentar as bactérias intestinais.

Assim sendo, devido ao alto teor de fibra desse vegetal, a chicória costuma ser muito utilizada como suplemento prebiótico.

3 Banana verde

Especialmente quando está verde, a banana possui um efeito prebiótico, devido a inulina e o amido resistente, que é responsável por alimentar as bactérias boas para a saúde.

Nesse sentido, uma boa alternativa é acrescentar em suas receitas de tortas, cremes e até mesmo brigadeiros, a biomassa de banana verde.

Conclusão

Como você pôde perceber, o Simbioflora equilibra a flora intestinal da pessoa e consequentemente contribui com a melhora geral da sua saúde.

Entretanto, assim como todo medicamento, deve ser utilizado conforme prescrição médica, de tal forma que não cause nenhum prejuízo à saúde do paciente.

Simbioflora para que serve