Quantos graus é febre? Como medir a temperatura?

Quem tem filhos ou cuida de criança pequena, deve saber ao menos o básico a respeito de saúde. Afinal de contas, as crianças, por serem menores e ainda estarem em desenvolvimento, são mais suscetíveis a alguns problemas ou doenças.

Então, dentro desse contexto, é possível que você queira saber a partir de quantos graus pode se considerar como febre. Essa é uma dúvida bem comum, mas que é essencial que você obtenha a sua resposta.

Afinal de contas, esse tipo de reação quer dizer que há algo errado acontecendo com o corpo. Por isso, saber a partir de quantos graus é febre, trata-se de algo fundamental. É comum que o nosso corpo emane alguns sinais naturais, e devemos saber como interpretá-los.

Então, você saberia dizer o que significa ter febre ou mesmo a partir de quantos graus pode ser considerado como um estado febril? Além do mais, qual é a maneira mais precisa de se medir a temperatura corporal?

Ainda que seja uma dúvida comum, é algo do qual você deveria manter certa atenção. E isso se dá porque há vários tipos de termômetros. Então, levando essa informação em consideração, qual é o tipo mais indicado?

Se você quer entender um pouco mais sobre esse assunto, bem como o quer dizer o estado febril, é só se manter nesse artigo. Então, sem mais delongas, vamos ao que importa!

O que quer dizer ter febre?

Antes de qualquer coisa, você precisa entender o que quer dizer ter febre. Na verdade, podemos dizer que é, ao mesmo tempo, um tipo de doença e um alerta. E isso se dá porque o estado febril só ocorre quando o corpo quer nos comunicar algo.

É bem provável que você já tenha ouvido falar que o corpo fala, e esse tipo de sintoma é uma das formas que o nosso organismo dá para nos comunicar algo. Por isso, antes mesmo de falarmos sobre a partir de quantos graus é febre, você deve saber o que isso significa.

Você sabia que, a depender da gravidade, a febre pode indicar algum câncer? Não à toa alguns procuram por dermatologista especialista em câncer de pele quando esse sintoma ocorre com certa constância.

Além do mais, a febre pode acontecer devido alguma resposta imunológica contra agentes infecciosos ou em decorrência de alguma doença autoimune. Fora isso, a depender dos remédios que você toma, também pode resultar em febre.

Também é importante ficar atento aos sintomas relacionados, uma vez que, na grande maioria das vezes, a pessoa tende a sentir alguns outros. O mais comum é que o indivíduo sinta mal estar, suor frio, calafrio ou dor de cabeça, por exemplo.

Então, além de se manter atento a quando se pode considerar como febre, também se deve manter uma certa atenção sob os demais sintomas que podem ocorrer.

Por que é importante medir a temperatura?

A temperatura corporal é um dos sinais vitais do corpo. Sendo assim, existe uma temperatura normal e, quando extrapola o limite, quer dizer que há alguma coisa errada acontecendo no corpo ou organismo do paciente.

Não é à toa que, em casos de cirurgia de joelho, por exemplo, o médico deve ficar de olho em todos os sinais vitais, o que inclui temperatura corporal. Mas, então, a partir de quantos graus posso dizer que é febre? Antes, você precisa entender uma coisa.

Leia também: Como beneficiar sua saúde através de exercícios físicos e alimentação saudável?

Quais são os tipos de termômetros?

Essa é uma informação da qual é bem interessante que você tenha. Afinal de contas, a grande parte das pessoas, ainda que saibam que existe mais de um tipo, não compreendem a forma correta de fazer o seu uso.

Todos os termômetros possuem o mesmo objetivo: auferir a temperatura. No entanto, cada um deles possui uma forma diferente de uso. Em suma, tanto os tipos quanto a forma correta de se fazer o uso, são:

  • Termômetro digital: deve-se colocar a ponta metálica na axila, ânus ou boca em contato direto com a pele ou as mucosas. Feito isso, é só esperar até ao sinal sonoro para verificar a temperatura;
  • Termômetro de vidro: basta colocar a ponta do termômetro na axila, boca ou ânus, em contato direto com a pele ou as mucosas. A seguir, é só aguardar de 3 a 5 minutos e, em seguida, verificar a temperatura;
  • Termômetro infravermelho: apontar a ponta do termômetro para a testa ou para o interior do canal auditivo e apertar o botão. Feito isso, após o “bip”, o termômetro mostrará a temperatura imediatamente.

A partir de quantos graus é febre?

Na verdade, esse é um tópico do qual vale a pena dar algumas informações. E isso ocorre porque não há um grau único para todas as pessoas. Na verdade, um adulto possui um grau normal, o qual difere de um bebê, por exemplo.

Por isso, não há como afirmar que a partir de X grau de febre se pode considerar que o indivíduo está com febre. Na verdade, é preciso levar em consideração a idade do indivíduo e mesmo algumas outras questões.

Além do mais, vale ressaltar que em casos de cirurgia no ombro, por exemplo, o médico não faz uso dos termômetros comuns. Na verdade, como ele precisa de uma precisão maior, o médico pode medir pelo esôfago, pulmão ou pela nasofaringe.

Quantos graus é febre no adulto?

A temperatura corporal normal varia entre os 35,4ºC e 37,2ºC, quando medida na axila. No entanto, pode aumentar por conta de gripe ou de infecção, gerando febre. Fora isso, é interessante que você entenda a respeito das variações de temperatura. São elas:

  • Temperatura ligeiramente aumentada: é o estado “subfebril”. Nele, a temperatura varia entre os 37,5ºC e os 38ºC. Além do mais, nesse caso, pode surgir outros sintomas, como tremor ou arrepios, por exemplo;
  • Febre: é quando a temperatura da axila é superior a 38ºC. Em adultos, o indicado é tomar um comprimido de 1000 mg de paracetamol, ficar apenas com uma camada de roupa ou colocar compressas frias na testa;
  • Febre alta: é quando a temperatura axilar fica acima de 39,6ºC. Nesse caso, considera-se uma emergência médica. Por isso, o paciente deve ser avaliado por um médico.

Contudo, é interessante destacar que, quando a pessoa fica muito tempo exposta ao frio, a temperatura pode ficar abaixo do normal. Isto é, menor que 35,4ºC. Nesse caso, configura-se por “hipotermia“.

Qual temperatura é febre em bebê e crianças

A temperatura corporal normal de bebês e crianças não é a mesma. Por isso, quando você for medir a temperatura do seu filho, por exemplo, é interessante que você leve em consideração essa informação. Então, nessa faixa etária, as variações de temperatura são:

  • Temperatura ligeiramente aumentada: entre os 37,1ºC e os 37,5ºC. Caso isso ocorra, deve-se retirar uma camada de roupa e dar um banho de água morna;
  • Febre: temperatura anal superior a 37,8ºC ou axilar acima de 38ºC. Nesses casos, os pais devem ligar ao pediatra, para que ele oriente o uso de remédios para a febre ou a necessidade de ir ao pronto-socorro;
  • Temperatura corporal baixa (hipotermia): é quando a temperatura fica inferior a 35,5ºC. Sendo assim, deve-se vestir mais uma camada de roupa e evitar correntes de ar. Caso a temperatura não aumente em 30 minutos, deve-se ir ao pronto-socorro.

Como medir a temperatura?

A temperatura corporal deve ser medida com o termômetro, sendo que se deve dar preferência aos termômetros mais confortáveis e rápidos, como o digital ou de infravermelhos. Entretanto, de forma profissional, como em uma clínica ortopedista, faz-se isso por outros meios.

Quantos graus é febre