Albumina função, como tomar e seus efeitos colaterais

A albumina tem a função de aumentar a ingestão de proteínas. Desse modo, facilitando o ganho de massa muscular. É um suplemento feito a partir da clara de ovo

Sendo natural, não tem quase nenhuma contra-indicação e é mais barata do que a maioria dos suplementos. Entretanto, não é suficiente comprá-la e começar a usá-la para sentir seus efeitos.

Ela precisa ser consumida na hora certa e na dose certa, de preferência com suporte nutricional. Saiba mais e entenda tudo sobre a albumina abaixo:

O que é albumina?

Essa substancia já é produzida pelo nosso próprio corpo através do nosso fígado.

Ela permanece principalmente na corrente sanguínea, onde é responsável pelo transporte de hormônios da tireóide e nutrientes para dentro e fora da corrente sanguínea.

Também é responsável por manter o pH do sangue e o controle osmótico em todo o corpo.

 Portanto, suplemento e albumina de plasma não são a mesma coisa.

Qual a função da albumina para a nossa saúde e performance na academia?

A albumina que está em outros alimentos ricos em proteínas, tais como ovos e leite, é desidratada e esmagada para minimizar seu volume, de modo que possa ser usada como suplemento.

Ela é utilizada por aqueles que necessitam de uma dose extra de proteína por alguma razão de saúde ou por aqueles que anseiam por um resultado mais eficaz na academia.

Isto porque tem um alto custo biológico, ou seja, é uma das proteínas que o corpo humano pode aproveitar melhor, pois é facilmente digerida e absorvida.

Qual a função da albumina para os atletas de fisiculturismo?

A albumina é essencial para o desenvolvimento muscular, para a hipertrofia e para a obtenção de massa magra.

É essencial para complementar a dieta, fornecer energia para os exercícios e contribuir para a recuperação muscular após as sessões de exercícios.

Existem 3 tipos de albumina:

  •  1. Aquela criada no fígado, chamada albumina sérica;
  • 2. A do ovo, chamada ovalbumina;
  • 3. A que vem do leite, a lactoalbumina.

Ambas fazem parte de nossa dieta quando ingeridas em tais alimentos. Os suplementos de albumina são feitos principalmente de ovalbumina desidratada, que é mais barata e mais eficaz.

Várias pessoas até comem clara de ovo crua pela manhã. Entretanto, é essencial lembrar que, embora seja bastante eficaz, ela carrega o perigo de comer Salmonella.

Uma bactéria que pode causar uma grave infecção gastrointestinal. A proteína só poderia ser absorvida pelo corpo humano se o ovo fosse processado a altas temperaturas antes do consumo.

Para obter a porção elementar dos suplementos é necessário comer uma proporção gigantesca de ovos, cerca de 8 por dia.

Manter este hábito pode ser um pouco enjoativo e a suplementação em pó é uma maneira incrível de obter a porção certa de proteína em uma proporção menor de alimentos.

As claras de ovo desidratadas também podem ser usadas em receitas ou misturadas com várias bebidas, tornando ainda mais simples a continuidade de uma dieta rica em proteínas.

5 Principais funções da albumina

1- Crescimento muscular

Para quem faz academia albumina tem função principal o desenvolvimento e recuperação muscular porque ajuda os tecidos a se regenerar das micro lesões causadas durante o treinamento e crescer mais rapidamente, o que é fundamental para quem trabalha para a hipertrofia.

2-  Reduz os sinais pós-treino

A albumina é conhecida por diminuir os sinais pós-treino, tais como dor muscular e fadiga..

Além disso, ela ajuda a facilitar a ingestão de proteínas na sua alimentação, sendo mais fácil de ser consumida, e é bem mais barata se comparada a outras fontes de proteínas como a que é retirada do soro do leite.

3- Ajuda a queimar gordura e a ganhar massa magra.

Como quase não possui carboidratos, açúcares e gorduras em sua estrutura, a albumina também tem função de ajudar a completar as proteínas em dietas de emagrecimento.

Pois, dá uma sensação de saciedade por um longo período de tempo, levando até 3 horas para ser totalmente digerida.

Entretanto, deve-se ter constantemente em mente que não pode substituir uma refeição completa e, se ingerida em excesso, causa o impacto oposto, ou seja, faz o ganho de peso.

4- Ela possui nutrientes relevantes

É composto por nutrientes fundamentais como ácido glutâmico, ácido aspártico e leucina, que trabalham diretamente no metabolismo.

É rico em vitaminas B, fósforo e ferro a albumina tem função de ajudar o sistema imunológico, participando da formação de anticorpos.

5- O custo-benefício da albumina: Incrível

No final, ela tem uma boa interação custo-benefício. É uma proteína barata, se comparada a outras com funcionalidades semelhantes, e de alta qualidade, benéfica não só para ganhar massa muscular, mas também em vários outros ambientes de saúde.

Quem pode tomar albumina?

Não há contra-indicações para indivíduos saudáveis, o único efeito colateral que pode ser observado são os gases que podem aparecer inicialmente, mas que depois diminuem até desaparecerem.

O ideal é consultar continuamente um nutricionista ou nutricionista para ter certeza de que você está consumindo a porção ideal de proteínas para sua dieta.

1- Quem se exercita

É sugerido para aqueles que se exercitam e buscam resultados mais rápidos no ganho muscular e necessitam de suplementação proteica para alcançar seus objetivos.

2- Quem tem limitações dietéticas

Para pessoas que têm problemas em consumir leite e seus derivados, a albumina tem função importante de ajudar você consumir a quantidade certa de proteínas na sua alimentação.

Ao contrário do soro de leite, ela não tem derivado do leite em sua estrutura. Os indivíduos alérgicos aos elementos do ovo devem consultar um médico para saber se o uso do suplemento está autorizado.

3- Pessoas com patologias crônicas

Os indivíduos com problemas renais devem consultar um médico, pois o excesso de proteína pode causar cálculos renais.

O aumento de gás pode criar desconforto aos indivíduos com problemas intestinais, portanto é essencial consultar um médico antes de iniciar a suplementação.

4- Mulheres grávidas e lactantes

As mulheres grávidas e lactantes devem ser particularmente cuidadosas, já que variações em sua dieta interferem diretamente na saúde do bebê.

Como tomar albumina?

Para entender melhor como tomar albumina, é útil saber qual o tipo a ser escolhido.

Ela é adquirida na forma de pó e pode ser consumida dissolvida em água fria, para não desnaturar a proteína.

Várias marcas já vendem o produto misturado com outras proteínas, carboidratos e aromatizantes.

Procure conhecer os princípios destes preparados para não comprometer sua dieta ingerindo outros produtos junto com a proteína.

Em caso de dúvida, é melhor comprar albumina pura para tomar com sucos ou água de coco para saber exatamente a proporção de proteína que você está tomando.

Colocá-la em receitas de bolo, em vez de usar ovos; fazer smoothies, batidos; misturá-la em iogurtes ou saladas de frutas, também são boas maneiras de mascarar o sabor da clara de ovo. As possibilidades mais freqüentes são:

1- Albumina com suco

Esta é a forma mais popular de consumo entre os entusiastas do fitness porque, além de ser prática, mascara o sabor do suplemento.

Misture 30g de albumina, 230ml de água e a fruta ou polpa de sua escolha. Misture em um liquidificador, com ou sem edulcorantes.

Rapidamente após misturar tudo em uma tigela de vidro, aqueça o líquido no microondas na potência máxima por 3 minutos. Aguarde o resfriamento e depois aproveite.

2- No mingau

Em primeiro lugar, você deve saber que, neste preparo, você aumentará o custo calórico da refeição, pois não comerá a proteína em sua forma pura.

Entretanto, pode ser uma escolha gigantesca para um lanche ou jantar: misture 40 gramas de leite em pó integral, uma colher de sopa de óleo de coco, 30 gramas de albumina e um pouco de água, fazendo uma espécie de mingau. Se necessário, adicionar essência de baunilha ou adoçante.

3- Nos alimentos

Você pode fazer o processo inverso à produção do suplemento, ou seja, hidratá-lo para obter uma mistura semelhante à das claras de ovo frescas, mas com uma concentração gigantesca de proteínas.

Para isso, hidratar o suplemento com água em uma quantidade de 200 ml por 15 gramas de pó.

Em seguida, bata o líquido em um liquidificador e aqueça-o sutilmente no microondas. Em seguida, com os brancos em uma textura mais líquida, use-os para fazer molhos ou misture-os em preparações saborosas que serão superproteínas.

A função da albumina para a recuperação muscular

Neste momento, o corpo humano requer uma reposição protéica e a albumina é ideal para isso.

Ela ajuda na recuperação de micro lesões causadas durante o treinamento e reabastece as proteínas.

Para obter resultados superiores do treinamento, sugere-se tomar doses de carboidratos, tais como dextrose e maltodextrina, juntamente com proteínas para reabastecer as reservas de glicogênio.

Na última refeição do dia

Para que o corpo humano seja nutrido durante as horas de sono. Isto evita o catabolismo, ou seja, a obtenção de energia através da degradação das proteínas musculares.

Para aqueles que se exercitam com a intenção de aumentar a massa muscular, o catabolismo deve ser evitado a todo custo, caso contrário o esforço no ginásio é jogado fora pelo próprio corpo humano.

A função da albumina no café da manhã

Depois de tantas horas sem ingerir é essencial para começar o dia com uma enorme dose de proteína. Ao comer de manhã, você evita o catabolismo e não sente desejos até a próxima refeição.

A albumina pode ser consumida com outros alimentos para facilitar a adição à dieta diária.

Ao contrário do que é dito, não engorda, o ganho de peso é gerado pelo aumento da massa magra, ou seja, aquela composta de músculos, sem gorduras.

Além disso, é um grande aliado para a perda de peso, sua lenta absorção pelo organismo produz uma sensação prolongada de saciedade e ajuda a manter a dieta.

A porção ideal de albumina

A proporção de suplementos depende do objetivo de cada indivíduo e deve ser pensada tendo em mente a dieta em seu grupo, já que, como seu nome sugere, é um suplemento, não um substituto para a ingestão de alimentos saudáveis.

A recomendação é de cerca de 1,5 grama a 3 gramas de proteína por quilograma de massa corporal, tendo em mente a proteína total da dieta.

Para conceituar sua dosagem, consulte um profissional que o orientará sobre a porção ideal de proteína em sua dieta, especialmente.

A albumina é um nutriente radicalmente fundamental, tanto na dieta quanto na fisiologia e manutenção de um corpo saudável.

É uma boa escolha para a suplementação dietética, simples de encontrar no mercado, mais barata do que a maioria dos suplementos e sem muitas contra-indicações.

Ela traz outros benefícios ao organismo devido à proporção de nutrientes que contém em sua estrutura.

Tem um alto custo biológico e é essencial para o manejo regular do organismo. É oferecido para aqueles que se exercitam a fim de aumentar sua musculatura, pois evita o catabolismo do organismo e consome a massa muscular para obter energia.

Uma maior ingestão dos aminoácidos presentes nas claras de ovo também previne e retarda o progresso de patologias crônicas, como a cirrose alcoólica, e a perda de massa muscular e óssea em indivíduos mais velhos.

Albumina função, como tomar e seus efeitos colaterais