Creatina para que serve e como tomar

Nesse artigo você vai saber sobre a creatina para que serve e como tomar, e todos os benefícios desse suplemento para ganhar massa muscular e ou praticar outros esportes como corridas.

Energia e força são componentes importantes para aqueles que praticam ocupações físicas extenuantes, como a musculação. O desempenho físico é otimizado, o rendimento é aumentado e os resultados são mais rígidos na hipertrofia. Entretanto, como conseguir mais força muscular?

Aumentando a substancia que atua na produção de ATP (fonte de energia primária para o nosso corpo)

Sintetizada no organismo por meio dos aminoácidos, metionina, glicina e arginina ou consumida por meio de acessórios alimentares como cápsulas, líquidos ou desidratados, a creatina pertence aos suplementos mais consumidos no cosmo fitness.

Pois, está associada a maior contração muscular, explosões de força, otimização do desempenho físico e recuperação muscular.

É substancial para quem procura resultados monumentais em exercícios de musculação, a suplementação de creatina é bastante aconselhável. 

Embora seus benefícios e instruções não sejam novidade para ninguém no momento, quando se trata de saber sobre a creatina para que serve, como tomar qual é o melhor momento para consumi-la, ainda há muitas dúvidas: em conclusão, é melhor tomar creatina antes ou depois do treinamento? Qual é a melhor creatina, são muitas dúvidas não é mesmo?

Continue a leitura e vamos esclarecer as principais.

Para que serve a creatina nos treinos de musculação e como tomar ela antes ou depois dos treinos.

O educador físico da academia lhe diz para tomá-la após o treino, seu amigo de treinamento lhe diz que é melhor tomá-la antes do treino, um grupo lhe diz para tomá-la antes e depois? Que bagunça!

Mesmo que vários estudiosos já tenham realizado estudos na tentativa de encontrar o melhor momento para tomar o suplemento, ainda não há limites científicos necessários para mostrar o momento em que a creatina mostra os resultados mais importantes. 

Uma análise realizada nos EUA, na Universidade Nova Southeastern, reuniu 19 atletas praticantes de musculação e os separou em 2 equipes.

No grupo 1 eles tomaram 5 g de creatina antes do treino, e no grupo 2 eles tomaram 5 g do suplemento depois do treino.

Os resultados mostraram pouca diferença entre os programas, porém o criador confirma que a creatina consumida após o exercício tem uma virtude.

Temos a possibilidade de associar esta virtude eventualmente do treinamento ao consumo de creatina com a dieta pós-treino, comumente rica em carboidratos.

Os carboidratos, nesta situação, aumentam a absorção do suplemento, devido ao “espigão” de insulina.

Vale lembrar também que a substância tem um impacto cumulativo sobre o corpo humano e, portanto, a prática de tomar o suplemento antes dos treinos com o objetivo de obter mais energia durante todo o exercício não está 100% comprovada.

Como tomar a Creatina ? antes ou depois do treinamento?

Não há argumentos contra os fatos: o que é certo é que a creatina, consumida antes ou depois do treinamento, garante vários benefícios aos atletas, especialmente àqueles que buscam hipertrofia.

Comer o suplemento antes do exercício, depois do exercício ou em qualquer momento do dia não afetará seus resultados. Por este motivo, é conveniente conhecer os resultados positivos de tomar o suplemento nesses momentos. Confira.

Para que serve a creatina antes do treinamento?

Os componentes do suplemento de creatina pré-treino têm como principal razão para conseguir mais energia e força para o músculo, promovendo o ATP.

Esta lógica mantém em mente que se tivermos energia armazenada suficiente, então também teremos mais energia para dar ao tecido muscular. Desta forma, o desempenho e a função durante todo o exercício aumentam.

 -Benefícios da creatina desde o treinamento

Como o treinamento é o instante desejado pelos atletas para consumir o suplemento porque o pico de insulina após os exercícios maximiza a absorção da substância, aumentando sua eficácia.

Se consumida com um suplemento proteico, como o soro de leite antes e depois do treinamento, e uma fonte de carboidratos (batata doce, pão integral, etc.), a creatina é ainda mais eficaz e é imediatamente recomposta no corpo.

Há aqueles que consomem o suplemento em exercícios mais intensos nos dois instantes, como a ingestão de creatina antes e depois dos membros ou em outros exercícios localizados.

Este pensamento vem da recomendação do consumo de outros suplementos, tais como bcaa antes ou depois do treinamento e também glutamina antes ou depois do treinamento.

Efeitos colaterais da creatina

A creatina é um suplemento seguro para consumir e um dos suplementos mais comumente prescritos para fisiculturistas.

Entretanto, mesmo que sejam poucos e raros, eles têm a possibilidade de certos efeitos colaterais graças ao uso inadequado ou desordenado do suplemento. Veja o que eles são:

  • – Náuseas e vômitos
  • – Diarréia
  • – Dores de estômago
  • – Pressão arterial alta
  • – Redução da produção endógena (produção natural de creatina pelo fígado e pâncreas)
  • – Retenção de fluidos no músculo
  • – Hipoglicemia (baixo nível de sacarose no sangue).

É essencial lembrar que, geralmente, a creatina não é prejudicial à saúde, uma vez que é utilizada de forma ideal.

Portanto, uma avaliação com um nutricionista antes de iniciar a suplementação, para que ele possa recomendar a melhor dosagem, tempo e programação da suplementação, é essencial para evitar qualquer dano à saúde.

As contra-indicações da creatina são para indivíduos com problemas renais, problemas hepáticos, mulheres grávidas e crianças, que não devem usar o suplemento sem o conselho do médico.

Creatina para que serve como tomar se eu pratico corrida?

Mesmo sendo indicada para ocupações explosivas (como musculação), a creatina poderia ser vantajosa adicionalmente para ocupações de resistência, como corrida.

É mais indicado você usar a creatina nos momentos do seu treino em que é necessário mais força e explosão muscular.

Como atirar na corrida. Entretanto, em períodos de alta corrida, a suplementação deve ser evitada.

Alguns corredores suplementam a substância diariamente, mas idealmente procuram orientação nutricional antes de iniciar a ingestão regular do suplemento.

Creatina