Treino de panturrilhas hipertrofia, 7 dicas infalíveis para as panturrilhas.

Treino de panturrilhas masculino para hipertrofia

A maioria das pessoas que praticam musculação, encontram grande dificuldade de hipertrofiar as panturrilhas.

Será que isso é verdade mesmo?

Sim isso é verdade.

Então é verdade que todos os seres humanos têm genética desfavorecida para desenvolver panturrilhas?

Na verdade é um pouco difícil perceber, se alguém tem genética boa ou ruim para crescer as panturrilhas.

Você já percebeu que algumas pessoas, têm dificuldade de desenvolver quadríceps.

Outras têm dificuldade para crescer bíceps, já outras têm muita dificuldade para desenvolver os músculos das costas…

Mas panturrilhas, é todo mundo que tem dificuldade, e isso é muito comum para ser verdade.

Isso acontece porque na verdade, as pessoas treinam panturrilhas de forma errada.

E como treinando de forma errada ninguém tem resultado, não só nas panturrilhas, mas também em outras partes do corpo. A pessoa fala que sua genética é ruim.

E para que você não faça como a maioria das pessoas que praticam musculação faz, principalmente os homens.

Que é treinar panturrilhas de forma errada ou até não treinar e depois inventar desculpas dizendo que tem genética ruim para panturrilhas.

Para que isso não aconteça com você, nesse post você vai saber 7 estratégias infalíveis para você usar nos seus treinos de panturrilhas. E ver os resultados acontecerem diante dos seus olhos.

Porém, não é da noite para o dia que suas panturrilhas vão ficar gigantes, pois esse é um processo que acontece muito lentamente.

Você tem que ter muita paciência. Os resultados são muito pequenos e demoram muito, mas vale muito apena o esforço.

Algumas dicas que você vai ver, são para acelerar seu desenvolvimento de panturrilhas, se você, já treina e tem resultados.

Mas, elas são especialmente para quem nunca teve resultados nas panturrilhas mesmo se você já tentou de tudo.

1- A primeira dica é executar o movimento lentamente.

Treinar panturrilhas, é muito diferente de apostar corrida, ou seja, quanto mais devagar você faz o movimento melhor vai ser seus resultados.

Pois, fazendo o movimento lentamente, você aumenta o tempo que seu músculo ficará sobtensão e dessa forma, mais fibras das suas panturrilhas são estimuladas.

E além do mais, executando o movimento lentamente você estará dando um estímulo diferente do que suas panturrilhas já estão acostumadas.

Ou seja, quando você está caminhado, o tempo todo você está usando suas panturrilhas.

Porém essa contração durante o passo que você faz é muito rápida e suas panturrilhas já estão acostumadas com movimentos rápidos.

Logo você deve fazer o movimento da forma mais lenta o possível.

2- O segundo passo é executar um movimento completo

Esse com certeza, é onde as pessoas mais erram ao treinar panturrilhas. Pois as panturrilhas têm naturalmente, uma amplitude de movimento muito pequena.

E também elas têm mais força quando fazemos pequenos movimentos, ou seja, movimentos curtos.

E como as pessoas sempre estão buscando uma forma mais fácil de fazer tudo, naturalmente você fica tentado a executar o movimento com baixa amplitude.

Mas para aumentar as panturrilhas, você deve sempre fazer a elevação plantar, que é esse movimento que você faz e fica na ponta dos pés.

Quando você está treinando panturrilhas, com o máximo de amplitude.

Amplitude máxima de movimento, é quando você movimenta o máximo o possível sua articulação.

No caso das panturrilhas uma amplitude máxima, seria você subir o mais alto possível e ficando na ponta dos seus pés. E abaixando o máximo que você conseguir também.

Fazendo dessa forma, você tem uma contração de qualidade nas panturrilhas, e assim como qualquer outro grupamento muscular, elas vão se desenvolver.

3- Faça um pico isométrico de contração.

Isso quer dizer que você vai fazer o movimento, mas quando chegar ao máximo da fase concêntrica do movimento, na parte de subida, você segura durante 3 segundos e então você desce.

Isso vai ajudar você a aumentar o tempo sob tenção e assim vai recrutar bastante, fibras musculares da sua panturrilha.

Desse modo também, executando essa parada isométrica, vai fazer você utilizar uma carga menor.

Entretanto, com essa carga menor, você vai explorar ainda mais a sua amplitude de movimento.

4- Quantas repetições fazer no treino de panturrilhas ?

No treino de bíceps, geralmente as pessoa fazem 4 séries de 8 repetições. No treino de peito também 4 séries de 8 repetições, quase todos ficam entre 6 a 12 repetições.

Já nas panturrilhas, as pessoas geralmente querem fazer um número mais auto de repetições, como por exemplo, 4 séries de 50 movimentos.

Lembrando que a panturrilha é um grupamento muscular, como qualquer outro.

E elas também têm uma resposta muito boa quando se diz respeito à hipertrofia muscular, com baixas repetições.

Assim como os outros grupamentos musculares. Como por exemplo, de 5 a 15 repetições

5- Faça alongamentos

Esse é outro fator que impede as pessoas de terem resultados, nas panturrilhas, que é ter naturalmente, pouca amplitude nessa parte do corpo.

E desse modo não podem executar o movimento contraindo o músculo como realmente deveriam.

Para resolver esse problema, você deve fazer alongamento entre as séries de exercícios, para que você aos poucos aumente sua flexibilidade.

E assim aumentar sua amplitude de movimento também.

Você poderia fazer esses alongamentos da seguinte forma, você faz a primeira série de exercícios para as panturrilhas.

E ao invés de descansar, você faz alongamento como se estivesse chegando ao alongamento máximo da fase excêntrica do movimento.

6- Treine panturrilhas, mas vezes na semana.

Como a panturrilha é um grupamento muscular mais resistente que os outros, você pode e deve treinar com mais frequência.

Pois assim, você micro lesiona suas fibras musculares no treino, o seu organismo utiliza os nutrientes que você comeu depois do treino para reconstruir essas fibras da panturrilha, maiores.

E quanto maior for a frequência que você faz isso, mais rápido as suas panturrilhas vão crescer.

O ideal é que você treine panturrilhas pelo menos 2 vezes na semana, como por exemplo, quarta e sexta ou as terças e quintas.

7- Treinar panturrilha antes de qualquer treino

Muita gente bota o treino de panturrilhas, no mesmo dia que vai treinar outros membros inferiores.

Como por exemplo, a pessoa vai treinar panturrilhas e quadríceps.

E o que acontece é que essa pessoa vai fazer panturrilha, no final do treino. Primeiro ela treina quadríceps e faz um treino pesado, e muito cansativo.

E quando ela vai treinar panturrilhas, já está tão cansada, que não tem energia para treinar panturrilhas direito.

Para que isso não aconteça com você, faça primeiro o treino de panturrilhas e depois treine outro grupamento muscular.

Assim você treina o grupamento muscular que você tem mais deficiência, no período que você tem mais energia.

Por ser um grupamento muscular, pequeno e com baixa amplitude de movimento, o seu treino de panturrilhas, vai consumir pouca energia. Sendo assim isso não vai atrapalhar o resto do seu treino.

Por fim, eu espero que você comece a utilizar essas dicas, em todos os treinos de panturrilhas.

E como eu falei no inicio dessa leitura, com essas dicas, com certeza você vai ter resultados.

Mais um detalhe sobre treino de panturrilhas, aplicando a dica número 6, ou seja treinando mais vezes na semana.

Você vai começar a perder a preguiça de treinar panturrilhas e esse vai passar a ser o seu treino favorito.

Recapitulando os pontos mais importantes:

1- Faça o movimento lentamente, para você aumentar o tempo que os músculos da sua panturrilhas ficam sob tensão.

2- Execute o movimento completo, para que você consiga uma contração de qualidade nos músculos da suas panturrilhas.

3-Faça um pico de contração, para que novamente você aumente o tempo sob tensão.

E assim as fibras musculares da suas panturrilhas, ficam mais tempo sendo estimuladas também.

4-Fazer as mesmas quantidades de repetições. Assim como você faz com os outros grupamentos musculares.

5-Faça alongamentos, para que você aumente naturalmente a amplitude do movimento da suas panturrilhas.

6-Treine panturrilhas mais vezes na semana. As panturrilhas se recuperam mais rapidamente que os outros grupamentos musculares.

Logo, você pode e deve aumentar a frequência de treino de panturrilhas.

7-Treine panturrilhas antes de qualquer treino, pois assim você vai ter mais energia para treinar o grupamento muscular que você tem mais deficiência.

Veja também : Como ganhar massa muscular nas pernas.

Treino de panturrilhas hipertrofia