Exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar

Neste artigo, você vai saber, o que é bico de papagaio da lombar e os melhores exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar.

Osteófito, é o nome técnico dado ao bico de papagaio na lombar. Muita gente acha que esse problema acontece apenas na coluna. Mas ele pode acontecer em qualquer osso do seu corpo.

Bico de papagaio na lombar, é na verdade saliências ósseas que se formam ao redor do seu disco intervertebral.

Eles aparecem nas suas vértebras nas duas pontas das suas vértebras como se fosse alguns dentinhos e essa calcificação que acontece é justamente para proteger a sua coluna contra instabilidade.

Ou seja, com o avançar da idade, ela vem de uma degeneração causada por uma desidratação de seus discos intervertebrais.

E isso, faz com que suas vértebras se tornem mais instáveis. Pois os movimentos delas não são tão mais preciso. Por conta disso, você pode acabar lesionando, tanto o disco, como também outros tecidos.

Por causa dessas instabilidades nas suas vértebras, o seu corpo começa a calcificar as estruturas ao redor, justamente para proteger e estabilizar a sua coluna.

E essa formação óssea, se dá justamente pela calcificação dos ligamentos próximos do disco intervertebral.

Porque você sente dor na sua lombar

Essa calcificação também acontece por conta dos seus músculos encurtados, e é normalmente onde você sente dor e desconforto.

Porque essa calcificação pode acabar estar comprimido algum nervo que possa estar saindo da sua coluna.

Ou até mesmo, gerar alguma inflamação na musculatura de sua coluna por conta da pressão.

Desse modo, começa a parecer o desconforto e a dor. A grande maioria das pessoas que têm osteófitos nunca sentiu dor na vida.

Você tem uma vida normal, você não sente dor, você consegue praticar suas atividades físicas normalmente.

Aí você faz uma distensão da sua lombar e com isso você sente uma dor, aí você vai ao médico fazer um exame de imagem e aparece no diagnóstico, bico de papagaio.

Desse modo, você pensa, “agora não posso fazer nada da minha vida” “minha vida está toda acabada por conta dessa doença que apareceu do dia para a noite”.

E a maioria dos casos são assim, as pessoas têm um medo muito grande de ter essa doença.

A grande maioria das pessoas que têm esse problema, vai conviver para o resto de suas vidas sem sentir dor.

A importância dos exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar.

E uma ótima forma de você prevenir as dores, é com exercícios. Se você tiver bico de papagaio na lombar, não tenha medo de fazer exercícios.

Pois, você na verdade precisa de movimento para evitar que essas calcificações aumente, e para evitar que seus músculos fiquem cada vez mais encurtados.

Depois que essas formações ósseas já estão calcificadas, não tem como elas diminuírem, apenas em casos extremamente raros que elas diminuem.

Outra coisa muito importante, é que basicamente todas as pessoas vão ter bico de papagaio na lombar em algum momento de suas vidas.

Pois, os seus discos vão se desgastando, vão se degenerando, assim como o nosso corpo como passar da idade.

Desse modo, o nosso corpo uma hora ou outra vai perceber que está ficando instável em uma região e vai começar a criar esses bicos de papagaio na lombar.

Veja também: Como evitar lesões nos exercícios de musculação.

Esse é um problema muito comum em pessoas mais velhas.

É como se fosse as rugas no seu rosto conforme você vai se tornando uma pessoa mais velha, elas vão aparecendo.

E cabe a você decidir se elas vão aparecer com 40 ou com 80 anos de idade. Porque a diferença entre uma e outra e justamente o cuidado que você tem com sua saúde

Mesmo que seja inevitável que elas vão aparecer, isso não significa de forma nenhuma que você não deva se preocupar com a saúde da sua coluna.

A grande maioria dos casos, não apresenta sintomas referentes apenas ao bico-de-papagaio na lombar.

Agora, se você sente dor por conta dos bicos de papagaio na lombar, saiba que com acompanhamento correto você pode voltar a ter a qualidade de vida que você tinha antes de descobrir este problema.

5- Exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar

1- Ponte com abdômen para cima.

Com a sua barriga para cima, flexione seus pés apoiados no chão, em seguida suba o bumbum levantando o máximo que você conseguir.

Depois, repita o mesmo movimento expire quando estiver subindo e inspire quando estiver descendo.

2- Apoiando uma bola de pilates.

Com a barriga para cima, role na bola até ficar apenas com a cabeça apoiada nela, não deixe seu quadril flexionado, de modo que na posição final, você deve estar com os seus joelhos flexionados.

Exercício 3

Deite se de barriga para baixo, coloque a palma da sua mão por debaixo de sua testa, em uma posição que seu joelho fiquem abertos e flexionados.

Em seguida, tire sua cabeça com as mãos e os cotovelos do chão, depois volte para posição que você estava inicialmente.

Exercício 4

Sente-se em uma cadeira ou um banco, sente-se em algo que permita deixar seus joelhos dobrados em ângulo de 90 graus.

Aperte seu bumbum contra a cadeira e gire o seu tronco para lado e para o outro.

Exercício 5

Deite-se de barriga pra cima com seus joelhos dobrados em um Ângulo de 90 graus, mantenha seus pês no ar.

Enrole seu queixo no peito, levantando seu tronco em direção ao umbigo.

Esses exercícios devem ser feitos lentamente. Você deve contrair seu abdômen mantendo uma boa respiração.

Exercícios mais indicados para quem tem bico de papagaio na lombar.

Os melhores exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar, são exercícios de baixo impacto, que você trabalha seu corpo todo e que otimizam o alinhamento de sua coluna.

Pois uma postura correta, reduz sobrecargas musculares no seu corpo todo.

Uma das principais vantagens desses exercícios, é que você consegue atingir um alinhamento da sua postura e alívio de dores.

Além disso, eles te deixam mais flexíveis e te ajudam a deixar a sua musculatura mais forte, o que evita a sobrecarga de sua coluna.

Atenção, esses exercícios devem ser orientados e supervisionados por um treinador capacitado, para acertar a sua postura durante os movimentos.

Caso você sinta dor ao fazer algum movimento, não continuei.

Fatores que contribuem para o surgimento de bico de papagaio na lombar.

Apesar desta doença ser mais comum em pessoas mais velhas, o bico de papagaio na lombar, também pode aparecer em pessoas mais jovens.

Fazer exercícios com muita carga e posturas inadequadas, e usar mochilas muito pesadas podem contribuir para o surgimento dessa doença.

Sentar ou dormir com postura desalinhada, trabalhar e fazer muitos movimentos repetidos com postura desalinhada.

Exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar-considerações finais

Essa doença é mais comum em pessoas mais velhas, e ela surge como uma forma de proteção que o nosso corpo encontra para ajustar um desequilíbrio.

Mas, quando esses bicos de papagaio pressionam os nervos da coluna, você sente dores e os exercícios para evitar esse problema eles ajudam a melhorar sua flexibilidade e corrigir sua postura.

Os exercícios também impedem que os bicos de papagaio cresçam ainda mais. E é quase impossível essas formações ósseas diminuírem de tamanho.

Além disso, os exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar, devem ser supervisionados por profissionais capacitados como, fisioterapeutas e educadores bem qualificado para isso.

Apesar dessa doença ser mais comum em pessoas mais velhas, ela também pode surgir em pessoas mais novas.

Isso acontece, devido à prática de exercícios físicos com muita carga e postura inadequada ou carregar mochilas muito pesadas ou ficar com a postura desalinhada.

Exercícios para quem tem bico de papagaio na lombar